16.9.08

Quando aquela "amiga" começa a incomodar (Autora Anônima)


Na verdade eu ainda não saí totalmente do armário. Para amigos e amigas, sim. Família, não.
A situação é complicada, porque não sou nenhuma adolescente, mas me sinto como tal ao esconder da minha família que tenho um relacionamento estável e que logo será um casamento.
De tempos em tempos minha mãe tem uma "amiga" para implicar. E nessas horas me pergunto: porra, será que não custa ela fazer um esforço e assumir logo que sabe de tudo?
Mas daí eu penso, 'será que eu que tenho que fazer esse esforço e não ela?'
Eu gostaria muito de não ter que fazer, é mais cômodo, porém covarde.

Sei que minha vida tem sido assim, desde a primeira namorada, ou melhor, desde a primeira 'amiga' que incomodou. Mentira atrás de mentiras e nenhum namorado para dar uma 'esperança' para ela. A falta de reconhecimento é muito ruim, não poder dividir os acontecimentos do meu relacionamento com a família, não poder contar que estamos noivas, não poder deixar claro que estou feliz com a vida a duas. Mas, pelo andar das coisas, acho que fico no tal armário enquanto ele me couber.

2 comentários:

.clara dourado. disse...

É difícil, dolorido. Um turbilhão.

Mas todas temos que passamos por isso.

A leveza de viver em meio à verdade compensa!

;*

Bibi disse...

Não se sinta sozinha nessa. Minha namo já mora comigo na minha república mas esse mês vamos nos mudar para um apê só nosso.
Minha família nem desconfia que eu seja lés pq já tive namorados homens e minha mãe ainda sonha com meu casamento na igreja com aquele "mauricinho empreendedor".
Ainda sinto que essa não é a hora certa de contar mas sei que isso virá, inevitavelmente.